"Espiritizar, Qualificar e Humanizar" - Joanna de Ângelis
KSSF at AMAZON SMILE PROGRAM
KSSF at AMAZON SMILE PROGRAM


Visit KSSF website in
English language

Visit KSSF website in English

Página do KSSF no Google+

Email Newsletter icon, E-mail Newsletter icon, Email List icon, E-mail List icon Sign up for our Email Newsletter
For Email Newsletters you can trust

ACONTECE NO KSSF!


ASSISTA PALESTRA
AO VIVO

ON AIR - Assista a palestra so vivo

ABRIL/2017
PALESTRAS

Lina Kpbayashi
Lina Kobayashi
saiba mais...

Marisa Liborio
Marisa Libório
saiba mais...

Tereza Ayres
Tereza Ayres
saiba mais...

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
saiba mais...

Elleina
Elleina Bonfante
saiba mais...

Clea Alves
Clea Alves
saiba mais..

Ricardo Melo
Ricardo Melo
saiba mais..

Mauro Faria
Mauro Faria
saiba mais..

Gilberto Rustice
Gilberto Rustice
saiba mais..

Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
saiba mais..


KSSF YouTube Channel

Subscribe to KSSF YouTube Channel

KSSF no Facebook Follow us at TwitterKSSF no ORKUT

Venha estudar a Doutrina
Espírita no KSSF.

Ciclo Conhecendo o Espiritismo

Ciclo Universo Espírita

Ciclo Mediunidade

Ciclo Serie Andre Luiz


AFILIAÇÃO:

KARDECIAN SPIRITIST FEDERATION OF FLORIDA
Spiritist Magazine
The Spiritist Magazine - English
Edition is an initiative sponsored by the International Spiritist Council (ISC).

The Spiritist Magazine
more...


"The Messenger" video series about Chico Xavier underwritten by the Allan Kardec Educational
Society

Watch the video...


Artigos

Trovas

Ari, filho de Zefinha,
Guloso como ele só,
Comia porco, galinha,
E outros bichos, sem dó.

O Zequinha da farmácia,
Chamava sua atenção,
"Atrás da carne macia,
Vem males pro coração!"

Mas Ari nem lhe ouvia,
Teimoso feito criança,
A coisa que mais queria,
Era encher sua pança.

No aniversário da Bia,
Comeu feito um condenado,
Logo entrou em agonia,
Com o coração enfartado.

Fica aqui uma lição,
Pra quem come sem medida,
Quem sofre é o coração,
Com excesso de comida!

Córnélio Pires,
p/ Djalma Argollo,
Flórida, 04/09/2007

O Problema do Sofrimento
(Djalma Motta Argollo)

A dor desempenha papél fundamental na existência dos seres vivos. Papel extremamente positivo para a sobrevivência individual e coletiva, estimulando a criatividade e a produção de elementos de proteção.

No caso específico dos seres humanos, a dor tem sido a grande incentivadora, também, na produção cultural, ressaltando-se aí o campo artístico. Todavia, é preciso frisar que não é o sofrimento em si o fator estimulante, mas a necessidade de superá-lo. Na verdade o ser humano é dirigido pelo “principio do prazer”. Estar bem é o objetivo essencial. Quando a dor interfere na fruição do bem-estar, impõe-se a necessidade dele ser restabelecido.

Podemos concluir, com toda a tranqüilidade, que todos os seres têm a destinação de viver bem, com alegria e satisfação plena. Em última análise, Epicuro tinha razão, errando apenas sua filosofia no desvio para o hedonismo radical, que é o reforço do egoísmo, pela perversão da finalidade real do prazer.

No atual estágio evolutivo, a existência prazerosa tem um defeito intrínseco de embotar a criatividade, desestimulando a procura de novas maneiras de viver e progredir. Se todos os seres vivessem em permanente satisfação, não tendo de lutar contra obstáculos e agressões do meio, a estagnação levaria à destruição da vida na Terra. A alternância dialética de dor e prazer é o mecanismo da evolução.

No caso específico do ser humano, cabe notar que existem dois níveis bem determinados de sofrimento: o natural, que ele compartilha com os demais seres da natureza; este nível foi denominado pelo espírito André Luiz de “dor-evolução”, por ser aquela que o obriga a desenvolver meios de superação, ampliando os recursos de proteção por estimular a criatividade; e o artificial, originado por atitudes incompatíveis com as leis físicas e psicológicas que regem a existência. É a este que o autor citado se refere sob as rubricas de “dor-expiação” e “dor-resgate”. Tal denominação está vinculada a uma visão “legalista” do destino, dentro do quadro de “crime e castigo”. Prefiro ver o aspecto pedagógico da situação, ressaltando, no caso, uma “dor aprendizagem”, que permite a correção de “filosofias de vida” inadequadas. Allan Kardec, em “O Evangelho segundo o Espiritismo” analisa magistralmente esse tipo de dor, ao estudar as “causas da aflição”. Não se deve esquecer que, fisicamente, dor denuncia um processo orgânico requerendo correção, para que o sofredor volte a se sentir plenamente bem. O sofrimento existirá na Terra, enquanto o homem estiver voltado egoisticamente para seu bem-estar, à revelia do bem-estar dos outros. Isto o Cristo nos diz claramente quando recomenda que só devemos fazer aos outros o que gostaríamos que os outros nos fizessem.

Topo da Página
Artigo publicado com autorização do autor. Leia mais artigos de Djalma Argollo na website www.djalmaargollo.com
ARQUIVO DE ARTIGOS - SELECIONE
Home | Site Map | Nosso Endereço | © 2002 - 2015 KSSF - Kardecian Spiritist Society of Florida, Inc | Problemas com este Site? Envie um e-mail para o Webmaster.

KSSF is a not-for-profit organization recognized as tax-exempt under Internal Revenue Code Section 501(c)(3).