Obras Fundamentais

O Livro dos Espíritos

A primeira obra editada da codificação, datando de 18 de abril de 1857. Trata da parte filosófica do Espiritismo. Todos os outros livros são um detalhamento deste. Kardec, como pedagogo que era, concebeu este livro de maneira a facilitar o entendimento da nova doutrina. Para tanto, o fez no formato de perguntas e respostas, intercaladas com explicações para as questões que as requeriam.
Este livro é fundamental para aquele que deseja conhecer o Espiritismo, indispensável para aquele que se diz Espírita.

Livro dos Médiuns

O Livro dos MediunsTrata da prática mediúnica, editado pela primeira vez em 15 de Janeiro de 1861. Classifica metodicamente: os tipos de mediunidade, as causas, meios e efeitos dos fenômenos mediúnicos. É um manual técnico para os médiuns. Possibilita a prática científica do Espiritismo.
Indispensável para a organização, prática e entendimento dos trabalhos mediúnicos.

O Evangelho Segundo o Espiritismo

O Evangelho Segundo o EspiritismoTrata da parte moral da doutrina espírita. Elucidando as passagens do Novo Testamento, acrescidas de comentários feitos pelos espíritos. Foi editado, pela primeira vez em 1863, revisto e ampliado posteriormente na forma que conhecemos em abril de 1864.
Trechos dos evangelhos, que tratam dos aspectos morais, são comentados pelos espíritos, explicando o seu significado sob a ótica espírita.
É um código de conduta para a vida. Um guia seguro, para que possamos vivenciar a nossa crença espírita.

O Céu e o Inferno

O Ceu e o Inferno - Allan KardecTrata das diferentes visões entre o catolicismo e o espiritismo sobre temas fundamentais da crença. Editado pela primeira vez em Agosto de 1865. Objetiva excluir do cristianismo, os conceitos introduzidos pelo catolicismo para exercer seu domínio sobre as criaturas simples. É assim que são explicadas: a não existência de criaturas eternamente más, como o Diabo, a não existência do Inferno e Purgatório. Mostrando que há vida além da morte do corpo físico, e que, segundo nossos méritos, iremos progredir adquirindo mais poder e liberdade de ação.
Foi vital para que fosse feita a transição da visão católica, que moldou todo o Ocidente, para a visão Espírita, que é o resgate do cristianismo puro deixado por Jesus. O Espiritismo, nos mostrou um Deus de amor infinito por seus filhos e não um Deus vingativo(…)

A Gênese

A Genese - Allan KardecTrata da revisão das revelações bíblicas à luz da nova doutrina Espírita e de questões filosófico-científicas. Editado pela primeira vez em 6 de Janeiro de 1868.
É de suma importância para acabar com a visão mística que se tem da criação. Trata de uma maneira lógica, problemas filosóficos que foram profundamente debatidos, sem solução, durante séculos. A doutrina Espírita vem lançar novas luzes que possibilitam o entendimento de questões como: O Bem e o Mal, a Matéria, o Espaço… Mostrando que tudo ocorre em nosso mundo de acordo com Leis Naturais, que regem nosso plano de existência, onde estamos para evoluir.

(…)Fonte: Texto – “A revelação e seu registro ” – Jeferson Betarello e Cícero Souza – CEESPI (Centro de Estudos Espíritas) e FEAL – Fundação Espírita André Luiz